Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

RGE investe R$ 3,4 milhões em Passo Fundo no primeiro semestre de 2016

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   13/09/2016

Passo Fundo, 14 de setembro de 2016 – A Rio Grande Energia (RGE), distribuidora da CPFL Energia, investiu R$ 3,4 milhões em Passo Fundo no primeiro semestre de 2016. As melhorias no sistema de distribuição de energia fazem parte do cronograma anual de investimentos da concessionária e se destinam ao fortalecimento da rede elétrica do município, sede da Regional Centro da RGE. Esse montante representa um crescimento de 54,5% em relação ao valor investido pela concessionária em Passo Fundo entre janeiro e junho do ano passado.
 
Para manter a qualidade e a continuidade do fornecimento de energia aos 86,1 mil clientes de Passo Fundo, a RGE investiu R$ 655 mil na manutenção da rede elétrica em toda cidade. Deste total, R$ 302 mil foram destinados exclusivamente para o atendimento das manutenções emergenciais por conta danos no sistema elétrico ocasionados pelo clima, acidentes de trânsito e desgaste dos componentes.
 
Novas obras também fizeram parte do pacote de investimentos da concessionária no primeiro semestre de 2016. A RGE aplicou R$ 104 mil na construção de um novo alimentador de rede trifásica que beneficiou diretamente os moradores dos bairros Professor Schisler, Xangri-lá e loteamento Jaboticabal. Este tipo de rede é mais resistente às intempéries e a objetos lançados contra os cabos, como galhos em dias de temporais, e possui maior capacidade de distribuição de energia.
 
A RGE também aplicou R$ 712 mil em seu Plano de Manutenção para a substituição de postes de madeira por postes de concreto, que têm maior vida útil e são menos sujeitos aos danos provocados pelo clima. As trocar foram realizadas nas áreas urbana e rural da cidade. Além disso, a concessionária ainda investiu R$ 975 mil em novas ligações de energia elétrica. 
 
Para o presidente da RGE, José Carlos Tadiello, os investimentos na sede da Regional Centro demonstram a preocupação da companhia em dar mais robustez ao sistema elétrico do município. “Nosso objetivo é assegurar o fornecimento de energia elétrica de qualidade para os nossos consumidores e, por isso, realizamos investimentos em obras que deixem o sistema mais estável e menos suscetível ao clima, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico da região”, afirma.
 
No primeiro semestre de 2016, a RGE investiu R$ 129,6 milhões em toda sua área de concessão, em linha com o valor aportado no mesmo período de 2015. Esse montante foi aplicado exclusivamente na expansão, modernização e manutenção da rede elétrica da companhia nos 255 municípios onde está presente.
 
Apesar dos investimentos robustos, a RGE é a concessionária com a menor tarifa de energia residencial entre as grandes distribuidoras do Estado. Atualmente, a tarifa residencial da companhia é de R$ 0,41/kWh.

Índices de qualidade no fornecimento de energia elétrica
 
O resultado dos investimentos planejados e executados ao longo dos últimos anos pela RGE garantiu à concessionária o menor índice de duração (DEC) e frequência (FEC) de interrupções de fornecimento de energia do Rio Grande do Sul entre as grandes distribuidoras, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).
 
É importante destacar que cerca de 2/3 do tempo em que falta energia corresponde a interrupções emergenciais, provocadas por fatores externos ao sistema elétrico, como os temporais (com quedas de árvores), colisões de veículos contra postes e objetos que atingem a rede – pipas, balões e galhos de árvores, além de furtos de cabos. O outro terço corresponde a desligamentos programados, informados previamente aos clientes, e organizados para que a empresa possa executar obras de melhoria na rede elétrica. O desabastecimento causado por fatores externos é inerente ao modelo de rede elétrica existente no Brasil.
Tags:
    rge; investimentos; primeiro semestre; 2016; passo fundo; rio grande do sul