Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

RGE investe R$ 1,4 milhão na rede elétrica de Três de Maio

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   28/12/2016

Três de Maio, 29 de dezembro de 2016 – A modernização da rede de distribuição foi o principal foco dos investimentos realizados pela Rio Grande Energia (RGE) em Três de Maio (RS). A distribuidora da CPFL Energia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, aplicou R$ 1,4 milhão entre julho e setembro deste ano no município da Região Noroeste do Estado, beneficiando 9,1 mil clientes na localidade. 

Para modernizar a rede elétrica de distribuição, a concessionária aplicou recursos em duas frentes. Uma delas foi o aumento de capacidade da subestação da cidade e em novas linhas de transmissão, que estão em fase de construção. Neste projeto, a RGE destinou R$ 1,2 milhão. A outra ação foi na troca de postes de madeira por novos postes de concreto, que têm durabilidade maior e dão mais robustez ao sistema. Este projeto recebeu quase R$ 70 mil. 

Ainda, para assegurar o fornecimento de energia elétrica de boa qualidade e manter a continuidade do serviço, a distribuidora aplicou R$ 115 mil em manutenções emergenciais e melhoramento na rede, recuperando o sistema dos danos causados por temporais, queimadas e acidentes de trânsito. 

Para o presidente da RGE, José Carlos Saciloto Tadiello, o volume investido em Três de Maio é um exemplo do compromisso da RGE em seguir, ano a ano, ampliando os seus aportes de recurso para proporciona mais confiabilidade ao sistema elétrico. “Os investimentos foram feitos de forma estratégica para beneficiar não apenas a cidade, mas todos os municípios do entorno”, afirma Tadiello. 

A RGE conseguiu, por meio de seu planejamento estratégico, ampliar em 6,5% o volume de investimentos no sistema elétrico de sua área de concessão neste ano. A distribuidora, presente em 255 municípios gaúchos, aplicou R$ 211,4 milhões nos nove primeiros meses de 2016, contra R$ 198,6 milhões no mesmo período do ano passado. Somente no último trimestre deste, foram investidos R$ 74,8 milhões. 

Sobre a RGE

A Rio Grande Energia (RGE) é a distribuidora de energia elétrica da região norte-nordeste do Estado do Rio Grande do Sul. Originada do modelo de concessão pública para distribuição de energia elétrica em 21 de outubro de 1997, a empresa atende 255 municípios gaúchos, o que representa 54% do total de municípios do Estado. 

A área de cobertura da RGE divide-se em duas grandes regionais: a Centro, com sede em Passo Fundo, e a Leste, com sede em Caxias do Sul. São 90.718 km² - 34% do território do Estado. Agrupadas, essas regiões apresentam um dos melhores índices sociais e econômicos do Brasil e também são as responsáveis pelo maior polo agrícola, pecuário, industrial e turístico do estado.

A RGE se orienta pela Gestão de Qualidade Total para atingir, cada vez mais, altos níveis de eficiência para seus consumidores sendo parceira dos municípios gaúchos no desenvolvimento econômico do RS dentro de sua área de concessão. Desde 2006 a RGE passou a fazer parte integralmente do grupo CPFL Energia, o maior grupo privado do setor elétrico brasileiro.

Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 104 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização, serviços e telecomunicações. É líder no mercado de distribuição, com 14,3% de participação, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná.

Na comercialização, é um dos líderes no mercado livre, com uma participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais entre as comercializadoras. É um dos líderes na comercialização de energia incentivada para clientes livres.

Na geração, é o terceiro maior agente privado do país, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis. A CPFL Geração conta com 2.248 MW de potência instalada, considerando sua participação equivalente em cada um dos ativos de geração. Em 2011, criou a CPFL Renováveis, com ativos como PCHs, parques eólicos, termelétricas a biomassa e a usina solar Tanquinho, pioneira no Estado de São Paulo e uma das maiores do Brasil. Adicionando a participação equivalente na CPFL Renováveis, a capacidade instalada total do Grupo CPFL atingiu 3.192 MW no final do terceiro trimestre de 2016. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros.

A CPFL Energia tem ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets e do Morgan Stanley Capital International Global Sustainability Index (MSCI). Pelo 12º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa.

Tags:
    RGE; distribuição; investimentos; Três de Maio; terceiro trimestre; 3T16