Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Programação do Instituto CPFL tem sessão debate do filme “Amor?”, de João Jardim, e apresentação gratuita do quinteto Projeto B

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   16/10/2017

Campinas, 17 de outubro de 2017 - A Sessão Debate do filme Amor? (Brasil, 2011, 100min, 14 anos), com as presenças do diretor João Jardim e da atriz Silvia Lourenço, abre a programação da semana do Instituto CPFL nesta quarta-feira, 18/10, às 19h. A projeção, com entrada gratuita, é parte do Ciclo Amores Contemporâneos da Mostra Cinema e Reflexão do Cine CPFL.

Com Silvia Lourenço, Ângelo Antônio, Júlia Lemmertz e Fabíola Nascimento no elenco, o documentário de caráter dramático relata oito histórias de casos amorosos nos quais os envolvidos passaram por algum tipo de violência, física ou psicológica. Os casos, verídicos, são interpretados por atores profissionais. 

O filme venceu o prêmio do público no Festival de Brasília. (Confira o trailer e mais detalhes neste link: http://www.institutocpfl.org.br/evento/sessao-debate-com-presenca-do-diretor-joao-jardim-e-com-a-atriz-silvia-lourenco/)

No dia seguinte, 19/10, também às 19h, será exibido o filme Homens, Mulheres e Filhos, de Jason Reitman (2011, 100 min, 16 anos). O longa conta a história de adultos e adolescentes que tentam reorganizar seus relacionamentos transformados pela internet.

A programação conta ainda com um debate, na sexta-feira, 20/10, às 19h, sobre O pensamento de Confúcio na vida atual. O encontro, com o professor da Beijing Jiaotong University e diretor do Instituto Confúcio da Unicamp Qinxiang Gao e o filósofo Antonio Florentino Neto, é parte da série Confúcio bebendo chá do Café Filosófico CPFL. A entrada é gratuita, com transmissão ao vivo no site http://www.institutocpfl.org.br/aovivo

No sábado, 21/10, o Instituto CPFL recebe o quinteto Projeto B para a apresentação, às 20h, do concerto Misturando o erudito com o popular. Com quatro discos lançados, o grupo paulista tem construído um repertório que mistura música erudita contemporânea, música instrumental brasileira e jazz de vanguarda, com muita improvisação. Sua fonte de inspiração é o conturbado ambiente das megalópoles, onde a diversidade cultural convive com o caos urbano. “Não existe uma linha divisória entre a música erudita e a popular”, afirma o guitarrista Yvo Ursini.

O quinteto é formado por Yvo Ursini (guitarra), Leonardo Muniz (sax alto e tenor), Amilcar Rodrigues (trompete e flugelhorn), Maurício Caetano (bateria) e Henrique Alves (baixo).

A apresentação acontece na Sala Umuarama (162 lugares), com entrada gratuita, por ordem de chegada  (dois ingressos por pessoa), a partir das 19h.

Mais informações em http://www.institutocpfl.org.br/evento/misturando-o-erudito-com-o-popular-com-projeto-b/​

Tags:
    Instituto CPFL; Mostra Cinema e Reflexão; Cine CPFL; cultura; CPFL Energia