Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Mostra Cinema e Reflexão, do #cinecpfl, exibe os premiados “Que Horas ela Volta?”, com Regina Casé, e “Dois Dias, Uma Noite”, com Marion Cotillard

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   19/06/2017

Campinas, 19 de junho de 2017 - A Mostra Cinema e Reflexão, do #cinecpfl, exibe nos dias 21 e 22 de junho a produção belga “Dois Dias, Uma Noite”, trabalho pelo qual Marion Cotillard (vencedora do Oscar por “Piaf – Um Hino ao Amor”) recebeu nove prêmios de melhor atriz, e o brasileiro “Que Horas Ela Volta?”, que levou o júri do prestigioso Festival de Sundance a criar um prêmio especial de melhor interpretação feminina, outorgado às protagonistas do filme, Regina Casé e Camila Márdila.

A programação de junho da Mostra tem como foco obras com temática feminina. A curadoria é da cineasta e apresentadora Marina Person.

Atração do dia 21/06, quarta-feira, às 19h, “Dois Dias, Uma Noite” (“Deux Jours, Une Nuit”, Bélgica, 2014, 95 min, 12 anos) tem direção dos irmãos de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne, premiados em sucessivas edições do Festival de Cannes. O enredo acompanha uma mulher afastada do trabalho por depressão que, ao retornar, vê sua vaga aceita pelos colegas em troca de um bônus salarial. Com a ajuda de seu marido, ela tem apenas um final de semana para convencê-los a mudar de ideia, e assim manter seu emprego. O filme foi laureado com o prêmio do júri ecumênico no Festival de Cannes, entre diversas outras premiações. 

Na quinta-feira, 22/06, às 19h, será projetado “Que Horas Ela Volta?” (Brasil, 2015, 114 min, 12 anos), dirigido por Anna Muylaert. A história focaliza uma jovem nordestina que, para prestar vestibular, vai a São Paulo, onde sua mãe trabalha como babá e empregada doméstica, morando na casa dos patrões há mais de uma década. 

Mas a garota não aceita a separação de classes e posições impostas no lugar. No Festival de Berlim o longa-metragem foi vencedor do prêmio do público da seção Panorama e do Prêmio CICAE – Conferência Internacional dos Cinemas de Arte, além de conquistar o Prêmio APCA de melhor filme e de melhor atriz. 

Na próxima semana, a mostra Cinema e Reflexão encerra o ciclo temático do mês, apresentando “Paulina”, produção argentina vencedora do grande prêmio da Semana da Crítica do Festival de Cannes, e “Um Céu de Estrelas”, considerado pela crítica uma das três mais importantes obras do cinema brasileiro dos anos 1990. Sua diretora, Tata Amaral, conversa com o público após a projeção, ao lado da escritora Clara Averbuck.
 
Sobre Marina Person

Formada em cinema pela Universidade de São Paulo, Marina Person é diretora dos longas-metragens “Person” (2007) e “Califórnia” (2015). Foi apresentadora de programas televisivos nas emissoras MTV Brasil, Glitz*, TV Cultura, VHS1 Brasil e Arte1. Atualmente está à frente de “O Papel da Vida”, no Canal Brasil, e "Cinedrops", na Rádio Eldorado FM. É sócia da produtora Mira Filmes, responsável por filmes, webséries, projetos transmídias e séries expográficas.

As sessões da mostra Cinema e Reflexão acontecem no Instituto CPFL, que fica na Rua Jorge de Figueiredo Corrêa 1632, Chácara Primavera, Campinas. As projeções têm entrada franca, com retirada de ingressos a partir das 18h. 

Mais informações podem ser acessadas através da home-page da mostra:

www.facebook.com/cinemaereflexaocpfl.​

Tags:
    Instituto CPFL; cultura; Cinema e Reflexão; Marion Cotillard