Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Monitoramento climático da RGE indica um novembro marcado por temporais

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   30/10/2016

Caxias do Sul, 31 de outubro de 2016 – O monitoramento climático da Rio Grande Energia, (RGE), distribuidora do Grupo CPFL Energia, indica que novembro será um mês marcado por temporais e grandes volumes de chuva. Conforme o estudo encomendado pelo Centro de Operações Integrado (COI) da concessionária, pelo menos quatro períodos de chuvas, acompanhadas de vento forte e da incidência elevada de descargas atmosféricas, devem atingir o Rio Grande do Sul nos próximos 30 dias.

Seguindo a tendência já registrada em outubro, a temperatura da superfície no Oceano Pacífico está mais fria do que a normal, o que reforça a expectativa para a formação do fenômeno La Niña.
Já com a temperatura entre a costa da Argentina, do Uruguai, do Sudeste do Brasil perto da normal e um pouco mais elevada no restante da costa brasileira, não há bloqueios atmosféricos para as frentes frias que avançam pelo país, atingindo, inclusive a região de São Paulo.

Conforme o estudo do COI, a chuva retorna amanhã para o Estado com um sistema de baixa pressão que dá origem a uma nova frente fria. Já há risco de temporais na fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina e no Centro do Estado. Durante a tarde a frente fria avança e deve atingir todo o território gaúcho com ventos de até 80 km/h. Na quarta-feira, dia 2, a instabilidade se intensifica e novos temporais estão previstos.

O segundo período chuvoso do mês deve ocorrer entre os dias 9 e 11 de novembro. O cenário mais crítico deverá se configurar entre os dias 16 e 20, quando há previsão de chuva forte com incidência de raios em todo o Estado. Já o quarto período de mau tempo, segundo o acompanhamento climático da RGE, deve ocorrer nos dias 25, 26 e 27 de novembro, o ingresso de uma massa de ar fria que trará chuva em toda área de concessão da distribuidora.

Se essas previsões se confirmarem, existe a possiblidade de fatores externos à nossa rede elétrica serem lançados sobre a rede pela força das rajadas de vento e interromperem o fornecimento de energia elétrica.

Com objetivo de manter a qualidade do fornecimento de energia aos seus clientes, a RGE estará mobilizada para atender às possíveis ocorrências e restabelecer o serviço o mais breve possível em caso de temporais. Por causa do volume de ocorrências, o nosso Call Center (0800 970 0900) pode passar por congestionamento em determinados momentos. Entretanto, os consumidores contam outros canais de atendimento para informar à RGE problemas de falta de energia elétrica que são eles:
Pela internet: www.rge-rs.com.br
Pelo SMS Center: em caso de falta de energia envia a palavra LUZ e o código da fatura para o número 27350. Para utilizar o serviço é necessário se cadastrar enviando a IN (número da instalação) e o código para o mesmo número. O serviço é gratuito.
Aplicativo para smartphone: CPFL e Você, no qual estão disponíveis os serviços da RGE. O aplicativo está disponível gratuitamente para iOS, Android e Windows Phone.
 
Tags:
    rge; temporais; alerta; área de concessão; rio grande do sul; coi