Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Laboratório de Mobilidade Elétrica da CPFL Energia está em operação no CPqD

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   25/04/2017

​​​Campinas, 26 de abril de 2017 - Coletar dados reais sobre o comportamento e os impactos dos veículos elétricos na rede de distribuição de energia da Região Metropolitana de Campinas. Esse é o principal objetivo do Laboratório de Mobilidade Elétrica, que está funcionando nas instalações do CPqD como parte do Programa de Mobilidade Elétrica - Emotive, conduzido pela CPFL Energia com o apoio de recursos do programa de pesquisa e desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

"Estamos realizando nesse laboratório diversos testes em veículos elétricos, de diferentes fabricantes, para avaliar o comportamento durante a recarga da bateria e o impacto que esse processo pode causar na rede elétrica", explica Vitor Arioli, pesquisador da área de Sistemas de Energia e responsável por esse projeto no CPqD. "Também estamos avaliando eletropostos de diversos fabricantes e, ainda, o impacto que a utilização do veículo elétrico como fonte de geração distribuída poderá ter na rede de distribuição", acrescenta.

Para realizar esses testes, foram instalados quatro pontos de carregamento (eletropostos) no Laboratório de Mobilidade Elétrica montado pela CPFL Energia em parceria com o CPqD: um rápido, um semi-rápido e dois lentos. Com potência de 40 kW e tensão de 380V/Trifásico, o eletroposto rápido permite o carregamento da bateria em 30 minutos (para 80% de carga) a uma hora (para 100%). Já o semi-rápido tem 20 kW de potência, tensão de 220V/Trifásico e possibilita o carregamento completo da bateria no período de uma a duas horas. Os outros dois eletropostos oferecem potência de 3,7 kW e demandam de 6 a 8 horas para o carregamento da bateria (a tensão é 220V/Mono ou Bifásico).

Com investimento total estimado em R$ 21,2 milhões, o Programa de Mobilidade Elétrica da CPFL Energia - Emotive teve início em agosto de 2013 e deverá ser concluído em maio de 2018. Além do CPqD, participam da sua execução a Unicamp e a empresa Daimon, responsáveis pelos vários estudos que fazem parte do projeto - entre eles, estudo de viabilidade econômica, novos modelos de negócios, cenários de adesão, ciclos de vida dos veículos elétricos e baterias, tarifação e regulação.

A CPFL Energia também formalizou parcerias com diversas empresas e instituições da Região Metropolitana de Campinas, que vêm colaborando com o projeto. Algumas delas incluíram veículos elétricos em suas frotas - caso da Natura, 3M, Hertz, Instituto CCR, Bosch, Sanasa Campinas e Unicamp. Já a Rede Graal e o Shopping Iguatemi Campinas atuam como parceiros na implantação de eletropostos em seus estabelecimentos - a intenção é chegar a 25 eletropostos até o final do projeto.

"O nosso Programa de Mobilidade Elétrica tem sido pioneiro no estudo dos impactos que os veículos elétricos podem causar em nossa rede e para o próprio consumidor. Esse projeto de P&D faz parte de nosso portfólio de projetos estruturantes da área de inovação, que são de maior porte e com foco em tecnologias do futuro", explica Rafael Lazzaretti, Diretor de Estratégia e Inovação da CPFL Energia.

Sobre o CPqD

O CPqD é uma instituição independente, com foco na inovação em tecnologias da informação e comunicação (TICs). As soluções do CPqD são utilizadas por empresas e instituições no Brasil e no mercado internacional, em setores como comunicação e multimídia, utilities, financeiro, indústrias, administração pública e defesa e segurança. Atuando há 40 anos, o CPqD conta com mais de 1.200 profissionais altamente capacitados, reconhecidos por sua criatividade e comprometimento com elevados níveis de qualidade. Possui hoje o maior programa de P&D da América Latina na sua área de atuação e tem como objetivo contribuir para a competitividade do País e a inclusão digital da sociedade, levando ao mercado tecnologias de produto, sistemas de missão crítica, serviços tecnológicos e consultorias que beneficiam grandes e pequenas empresas, aumentando a eficiência desses negócios e alavancando o empreendedorismo no Brasil.

www.cpqd.com.br | Twitter | Facebook | Google+ | LinkedIn

Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 104 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É uma das líderes na comercialização de energia incentivada para clientes livres.

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.192 MW, no final do terceiro trimestre de 2016.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além de participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets. Pelo 12º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.​

Tags:
    CPqD; Emotive; Mobilidade Elétrica;