Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

RGE investe R$ 2,4 milhões em Flores da Cunha em 2015

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   29/02/2016

​​Flores da Cunha, 01 de março de 2016 – A Rio Grande Energia (RGE), distribuidora do Grupo CPFL Energia, investiu R$ 2,4 milhões no fornecimento de energia elétrica de Flores da Cunha em 2015. O investimento, proporcionalmente, é o maior realizado pela RGE em um município da microrregião de Caxias do Sul, com exceção de Caxias, sede da empresa. Flores da Cunha integra a Estação Avançada de Caxias do Sul, que recebeu investimentos de R$ 27,1 milhões no ano passado.

Em 2015, Flores da Cunha, que já conta com um sistema de distribuição de energia elétrica bem estruturado, recebeu investimentos na modernização da rede, com a instalação de componentes telecomandos e dispositivos de proteção à rede contra as adversidades climáticas. Esses investimentos permitem tornam a rede menos suscetível a interferências externas e também agilizam o restabelecimento do fornecimento de energia em situações de emergência. 

Em todo o ano passado, a maior parte da rede de energia do município passou por uma minuciosa inspeção e foram substituídos 79 postes dentro do criterioso Programa de Manutenção da concessionária. Outros 421 foram instalados para a ampliação e reforço da rede elétrica, deixando toda a malha da RGE mais confiável. 

Para atender as demandas residenciais, comerciais e industriais da cidade, a RGE também instalou 55 novos transformadores em diversos pontos da área urbana e rural do município, beneficiando diretamente 29 mil moradores da cidade. Essa ação faz parte da estratégia da RGE de ampliar a capacidade de distribuição da rede elétrica local para viabilizar o potencial de desenvolvimento econômico da região, especialmente do setor vitivinícola e da produção moveleira do município.

Esse conjunto de melhorias realizadas na rede elétrica de Flores da Cunha também fortalece o sistema de abastecimento de municípios vizinhos, os quais também receberam investimentos da companhia ao longo de 2015. 

Até o final de setembro de 2015, a RGE investiu cerca R$ 200 milhões em toda sua área de concessão. O aporte de recursos representa um salto de 33% em relação do mesmo período do ano anterior. Esse montante foi aplicado na expansão, modernização e manutenção da rede elétrica da companhia nos 264 municípios onde está presente. 

Índices de qualidade no fornecimento de energia elétrica

Fruto dos investimentos em todas as cidades de sua área de atuação, a RGE possui o menor índice de duração (DEC) e frequência (FEC) de interrupções de fornecimento de energia do Rio Grande do Sul entre as grandes distribuidoras, segundo o ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O DEC, índice que representa a média do tempo que o cliente da RGE ficou sem energia durante o período de um ano, foi 15,98 horas em 2015, enquanto o FEC, índice que mede a frequência de interrupções no fornecimento, em média, por cliente, foi de 8,33 vezes em 2015. 

É importante destacar que cerca de 2/3 do tempo em que falta energia corresponde a interrupções emergenciais, provocadas por fatores externos ao sistema elétrico, como os temporais (com quedas de árvores), colisões de veículos contra postes e objetos que atingem a rede – pipas, balões e galhos de árvores, além de furtos de cabos. O outro terço corresponde a desligamentos programados, informados previamente aos clientes, e organizados para que a empresa possa executar obras de melhoria na rede elétrica. O desabastecimento causado por fatores externos é inerente ao modelo de rede elétrica existente no Brasil. 

Tags:
    rge; investimentos; flores da cunha; 2015; setor elétrico; rio grande do sul