Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Filme que reinventa histórias de amor online é atração do Cine CPFL

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   08/10/2017


Campinas, 09 de outubro de 2017 - Um suspense real e chocante que reinventa histórias de amor e decepção num labirinto de intrigas online – assim foi recebido pela crítica o longa-metragem “Catfish”, atração desta quarta-feira, 11/10, às 19h, na mostra Cinema e Reflexão, do Cine CPFL, em Campinas. A entrada é franca.
 
“Catfish” (“Catfish”, EUA, 2010, 87 min, 14 anos) foi gravado no final de 2007, quando a dupla de cineastas Ariel Schulman e Henry Joost documentou a amizade online do irmão de Ariel, Nev, com uma jovem, o que leva a uma série inesperada de descobertas. 
 
Nev Shulman, é um fotógrafo que, aos 24 anos de idade, teve uma foto publicada em um jornal e conheceu Abby Pierce, uma menina de oito anos que gostava de pintar. Através do Facebook, ele acaba conhecendo a irmã mais velha de Abby, Megan Faccio, a qual logo cria uma afinidade e a partir daí um relacionamento virtual se inicia. 
 
Segundo o crítico Daniel Kossmann Ferraz, para quem usa redes sociais na internet “é muito difícil não haver qualquer tipo de identificação com o filme, pois ele lida com situações que acontecem todos os dias nelas. As várias questões entre o real e o virtual vividas por Nev repercutem diretamente sobre todos os usuários mais ativos da internet.”.
 
“Catfish” causou impacto em festivais e foi vencedor do prêmio de melhor documentário pela Associação de Críticos Cinematográficos de Utah.
 
Os diretores Ariel Schulman e Henry Joost realizaram juntos ainda o filme de horror “Viral” (2016) e acabam de serem confirmados como responsáveis pela adaptação para o cinema da popular série de games “Mega Man”. 
 
“Catfish” integra o ciclo ‘amores contemporâneos’, programado em outubro pela mostra Cinema e Reflexão. Com curadoria assinada por Jurandir Müller e Francisco Cesar Filho, a programação prevê na próxima semana os longas-metragens “Amor?”, de João Jardim, e “Homens, Mulheres e Filhos”, de Jason Reitman.
 
As sessões acontecem no Instituto CPFL, que fica na Rua Jorge de Figueiredo Corrêa 1632, Chácara Primavera, Campinas. As projeções têm entrada franca, com ingressos distribuídos a partir das 18h. 
 
Mais informações podem ser acessadas através da fanpage da mostra:
www.facebook.com/cinemaereflexaocpfl.​

Tags:
    CPFL Energia; Instituto CPFL; cultura; Cine CPFL; Cinema e Reflexão