Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Documentário sobre Gabriel, o Pensador, e debate sobre longevidade são destaques no Instituto CPFL

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   03/10/2016


Campinas, 04 de outubro de 2016 - Após o sucesso do Café Filosófico CPFL especial da última segunda-feira, 03/10, que reuniu quase 5 mil pessoas na Estação Cultura, em Campinas, para assistir ao debate de lançamento do livro “Verdades e mentiras: Ética e democracia no Brasil”(Papirus 7 Mares) com os autores Leandro Karnal, Luiz Felipe Pondé e Mario Sergio Cortella, a programação cultural no Instituto CPFL segue a todo vapor em outubro. 

Ao longo do mês, o público poderá conferir, sempre com entrada gratuita, três sessões do Cine CPFL que antecedem a exibição dos filmes da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, dois concertos de música contemporânea e uma série de debates sobre envelhecimento e longevidade sob a curadoria do médico Alexandre Kalache, além da exposição Estação da Língua, que fica em cartaz no Galleria Shopping de Campinas até o dia 16.

Já na quinta-feira, 06/10, às 19h, o Cine CPFL, em Campinas, exibe o documentário “Derrubando muros, expandindo horizontes”, de João Wainer, sobre a vida e a obra de Gabriel, o Pensador. Outros dois documentários estão na programação nas semanas seguintes. No dia 13/10 os espectadores poderão assistir ao filme “Sem Pena”, de Eugenio Puppo, sobre o sistema carcerário brasileiro; no dia 20/10, será exibido “Elena”, de Petra Costa, um delicado registro sobre a vida e a morte de uma atriz brasileira que tentou seguir a carreira nos EUA.

Na semana seguinte, entre os dias 27 e 31 de outubro, entrarão em cartaz os filmes da 40ª Edição da Mostra Internacional de Cinema, que terá sessões simultâneas na Sala Umuarama, do Instituto CPFL, em Campinas. A programação do festival será anunciada em breve.

Café Filosófico CPFL. Na sexta-feira, 07/10, às 19h, terá início o novo módulo do Café Filosófico CPFL, sobre “A finitude face à revolução da longevidade”. Com entrada gratuita e transmissão online, a psicóloga e doutora em psicologia pela UFRJ Ligia Py falará com o público sobre “Finitude e infinitude”. Segundo ela, a tensão entre a inexorabilidade da finitude e o desejo da infinitude orienta o ser humano a construir ilusões de imortalidade, no curso de uma dolorosa experiência de desilusões pelas frustrações e perdas inelutáveis.

“A consciência da finitude o instiga a interpelações sobre o futuro, à invenção de outros destinos com outras significações, surpreendendo-se nas frestas da infinitude dos sonhos vorazes por realizações. À mercê da fragilidade da vida, segue aprendendo que a sua existência finita é pautada em ganhar e perder, construir e destruir, mover e frear, sofrer e gozar... até o último dos seus dias”, afirma a especialista.

O módulo tem a curadoria do médico Alexandre Kalache e vai abordar a questão da longevidade sob as perspectivas jurídicas, antropológicas e de saúde pública.

Música Contemporânea. Os concertos deste mês do programa Música Contemporânea do Instituto CPFL constituem, segundo o curador, João Marcos Coelho, exemplos notáveis da música plural, inclusiva, que se pratica atualmente no mundo. “É uma música que privilegia, antes de tudo, a qualidade de invenção. E se beneficia de uma postura ampla, sem preconceitos, democrática na lida com timbres e formas musicais”, afirma o jornalista e crítico musical.

A primeira apresentação, com entrada gratuita, acontece no sábado, dia 08/10, às 20h, quando o duo David Ganc (sax e flauta) e Maria Teresa Madeira (piano) mostrará o lado B do grande instrumentista e arranjador popular Nivaldo Ornelas, que completa 75 anos em 2016.

Mais informações sobre a programação em institutocpfl.org.br/cultura/

Tags:
    Instituto CPFL; cultura; CPFL Energia; Café Filosófico