Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Energia repassa, por meio do Instituto CPFL, R$ 50 mil para capacitação do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente em Novo Hamburgo (RS)

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   21/02/2018

Novo Hamburgo, 22 de fevereiro de 2018 - Em 2018 serão celebrados 28 anos da aprovação do ECA, o Estatuto da Criança e do Adolescente. O documento, segundo a Unicef - Fundo das Nações Unidas para a Infância -, criou bases sólidas para a implementação de políticas e programas que garantiram a sobrevivência e o desenvolvimento de milhões de meninos e meninas no país. Ainda assim, a entidade alerta para os desafios das políticas de inclusão, como a evasão escolar e os altos índices de vulnerabilidade entre crianças e adolescentes em razão de sua raça ou etnia, condição física, social, gênero ou local de moradia.

Ciente disso, o Instituto CPFL, plataforma de investimento social privado do Grupo CPFL, do qual fazem parte as empresas RGE e RGE Sul, reforça o seu compromisso em contribuir com o desenvolvimento das comunidades por meio das interações da empresa com a sociedade, incentivando o fortalecimento de políticas públicas. Essa atuação tem como objetivo promover o protagonismo social a partir da construção de uma grande rede do conhecimento.

Parte desta rede, o município de Novo Hamburgo (RS) recebeu, a exemplo de outras oito cidades, um repasse de R$ 50 mil para iniciar em 2018 um processo de capacitação técnica, gerencial e institucional do CMDCA (Conselho Municipal da Criança e da Adolescência) local. 

Essa etapa de aprimoramento tem como objetivo habilitar novos conselhos para participar de editais para execução de Diagnóstico, ampliando o conhecimento e qualificando as equipes. A ideia é que, para cada  um desses municípios, sejam engajados representantes de Conselhos de ao menos cinco cidades vizinhas.

De acordo com Mário Mazzilli, a experiência de mais de 10 anos com o Programa de Apoio aos CMDCAs motivou a CPFL Energia a contribuir de forma mais efetiva para o fortalecimento dos Conselhos e da rede de proteção e na disseminação de políticas públicas. “Por meio do apoio na execução de diagnósticos da situação das crianças e adolescentes e na elaboração de planos de ação, agora sob responsabilidade do Instituto CPFL, pretendemos alcançar resultados ainda mais abrangentes e estruturantes nos municípios beneficiados”, afirma.

As parcerias com os conselhos preveem o repasse de recursos provenientes da dedução de 1% do Imposto de Renda devido da empresa e o apoio técnico na execução.
 
Sobre o Instituto CPFL

Responsável pelo Café Filosófico CPFL, renomado projeto de reflexão sobre o mundo contemporâneo exibido na TV aberta, com três milhões de espectadores ao mês, o Instituto CPFL tem hoje a missão de integrar os programas culturais, esportivos e as ações sociais do Grupo CPFL em uma única rede de atuação.

Criado como programa cultural em 2013, completa em 2018 15 anos de atividade contínua. O ano de 2018 representa um marco da expansão desta rede, com iniciativas em mais de 120 municípios de seis estados, alcançando um público presencial estimado de 60 mil pessoas.

Além das atividades presenciais, o Instituto CPFL disponibiliza gratuitamente ao público o acervo e as transmissões online dos encontros do Café Filosófico CPFL e outros projetos audiovisuais disponibilizados no Youtube, no site, no app institutocpflplay e no Facebook, pelo qual cerca de 1,5 milhão de pessoas são alcançadas.

Os programas do Instituto CPFL são mantidos através da contribuição de empresas do Grupo CPFL, do financiamento do BNDES e de recursos das leis de incentivo fiscal, como a Lei Rouanet e a Lei do Audiovisual.

Tags:
    CPFL Energia; Instituto CPFL; Estatuto da Criança e do Adolescente; responsabilidade social