Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Energia lança a Envo, empresa de geração distribuída solar para clientes residenciais

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   02/05/2017

Campinas, 3 de maio de 2017 – A CPFL Energia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, anunciou hoje a criação de uma nova empresa, a Envo, voltada para a atuação no mercado de geração distribuída solar para clientes residenciais e comércios de pequeno porte. A Envo amplia o portfólio de produtos e serviços energéticos oferecido pelo Grupo CPFL aos seus consumidores e consolida a estratégia de crescimento focada em negócios sustentáveis e energia renovável. 

Neste primeiro momento, os esforços de venda e o foco inicial de atuação da Envo serão as cidades da região de Campinas, Sorocaba, Jundiaí e arredores. Com isso, o serviço estará disponível para os municípios do interior paulista, como Jundiaí, Sorocaba, Vinhedo, Hortolândia, Indaiatuba, Valinhos, Paulínia, Americana, Itatiba, Jaguariúna, Piracicaba, Sumaré e Pedreira, além de Campinas e outras regiões. A companhia tem planos para se expandir em outras localidades do Estado.

“A geração distribuída solar é um dos mercados mais promissores do setor elétrico brasileiro e a aposta neste segmento está em linha com os esforços do Grupo CPFL em desenvolver novos negócios voltados para a economia de baixo carbono, como investimentos em energia renovável, eficiência energética e a digitalização da rede elétrica, além das pesquisas na área de mobilidade elétrica e armazenamento”, diz o presidente da CPFL Energia, Andre Dorf. 

O modelo de negócio prevê que a companhia seja responsável por todas as etapas de um projeto para o cliente. A Envo atuará desde a concepção técnica (avaliando itens como consumo de energia, condições estruturais do imóvel, níveis de irradiação solar e de sombreamento no local), passando pela revenda e instalação da solução completa, até a homologação do consumidor junto à distribuidora, intermediando, ainda, o processo de instalação do medidor digital.

Clientes interessados em desenvolver um projeto de geração distribuída solar têm à disposição um simulador no site da Envo (www.envo.com.br), que – a partir da inserção das informações do consumo mensal de energia e do local do imóvel – sugere uma referência de projeto para a unidade consumidora. A simulação aponta o tamanho do projeto, a quantidade de placas solares, a área mínima necessária para colocação dos painéis, a produção de energia em 12 meses e o investimento total. 

Com o intuito de facilitar a aquisição do produto, a Envo oferecerá três opções de pagamento aos seus clientes: 1º) boleto à vista; 2º) cartão de crédito das bandeiras Visa, Elo e Mastercard; 3º) linha de financiamento especial do banco Santander, cuja taxa de juros poderá variar conforme o perfil de crédito do consumidor. 

A marca Envo, que significa "Energia para você", tem como slogan "de geração a geração", refletindo o compromisso do Grupo com o tema da sustentabilidade. Para promover a nova empresa, a CPFL Energia irá realizar uma ampla campanha de comunicação a partir do dia 15 de maio, com exibição nos principais veículos de mídia em TV e rádio, além das redes sociais (Facebook, Linkedin e Youtube). O coquetel de lançamento da marca está programado para 8 de maio na Campinas Decor, a maior mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista. A Envo terá um lounge especial no local, além de expor os painéis solares e um carro elétrico com um eletroposto no espaço garagem. 

Vantagens da geração distribuída solar

Ao investir em um projeto de geração solar para sua residência ou para pequeno comércio, o consumidor passa a produzir a sua própria energia, reduzindo em até 95% o valor da sua conta de luz. Quando o consumo é menor do que o volume gerado, a diferença se torna um crédito que é usado para abater a fatura com a distribuidora local — os clientes ainda precisarão das concessionárias locais para atender a sua demanda à noite, quando não há geração de energia.

Além da economia para o bolso do cliente, a geração solar também contribui para o meio ambiente, por ser uma energia limpa e renovável, reduzindo a demanda pela energia das fontes mais caras e poluentes. Os outros benefícios da geração distribuída são: aumento da segurança energética, redução das perdas de energia e diminuição do custo global de operação do sistema. 

Aposta da CPFL Energia na geração solar

A criação da Envo marca um novo passo na estratégia de expansão do Grupo CPFL no campo da energia solar. Os investimentos nesta fonte tiveram início em 2012 com a usina solar Tanquinho, em Campinas, a maior do tipo no estado de São Paulo. Esta planta possibilitou o desenvolvimento de conhecimento técnico para projetos solares, a partir da operação de cinco tipos de painéis fotovoltaicos.

O know-how adquirido em Tanquinho passou a ser aplicado pela CPFL Eficiência, braço de eficiência energética do Grupo, em projetos de geração solar para grandes clientes industriais e comerciais. A principal iniciativa desenvolvida até o momento foi com o grupo mineiro Algar, que envolveu a instalação de painéis solares no data center de Campinas e a expansão da usina solar do data center de Uberlândia (MG).

No final do ano passado, o Grupo CPFL reforçou a sua aposta em geração solar com o projeto de P&D Telhados Solares. A partir da instalação de painéis solares em 230 unidades consumidoras no bairro de Barão Geraldo, em Campinas, a companhia irá testar o impacto da geração solar distribuída na operação das redes de distribuição, além de desenvolver conhecimento para a concepção do projeto e a instalação das placas, e melhorias no processo de homologação dos clientes nas distribuidoras. 

Sobre a Envo

A Envo, braço da CPFL Energia para a geração distribuída solar para residências e clientes comerciais e industriais de pequeno porte, consolida uma nova etapa no relacionamento do Grupo com este novo consumidor cada vez mais consciente e exigente. A empresa atua nas etapas de concepção técnica, aquisição e instalação dos painéis solares e homologação do cliente junto à sua distribuidora local. 

O foco inicial de atuação da Envo está nos municípios da região de Campinas e entorno. A criação da nova companhia reforça a estratégia de expansão para negócios sustentáveis e energia renovável.

Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 104 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde jan​eiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É uma das líderes na comercialização de energia incentivada para clientes livres.

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.192 MW, no final do terceiro trimestre de 2016. 

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além de participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets. Pelo 12º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.​​

Tags:
    Envo; CPFL Energia; geração distribuída; geração solar; geração distribuída solar; geração solar distribuída; sustentabilidade; energia renovável; sol