Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Canela recebe investimentos de R$ 2 milhões da RGE

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   29/02/2016

​Canela, 01 de março de 2016 – A Rio Grande Energia (RGE), distribuidora do Grupo CPFL Energia, investiu R$ 2 milhões melhoria do sistema elétrico de Canela em 2015 para prestar um serviço de melhor qualidade para clientes residenciais e comerciais. Os recursos beneficiam milhares de pessoas que anualmente visitam a Região das Hortênsias durante o calendário anual de festas realizadas na região. 

Entre janeiro e dezembro do ano passado, a RGE concentrou esforços em tornar o fornecimento de energia na cidade ainda mais confiável, diante da demanda cada vez maior. As principais obras se concentraram na modernização na rede elétrica, com a introdução de novos e modernos equipamentos, telecomandados pelo Centro de Operações da concessionária, em Caxias do Sul. Com isso, em caso de eventuais interrupções no fornecimento de energia, o restabelecimento da luz é mais ágil, o que mantém a empresa com uma das melhores do Sul do País nesse quesito. 

A rede de Canela também foi ampliada, especialmente a rede trifásica. A empresa instalou de 41 novos transformadores, ampliando a capacidade de distribuição de energia e regulando o nível de tensão da rede local. Com isso, Canela está mais preparada para suportar o crescimento futuro do consumo de energia elétrica, o que contribui para o desenvolvimento socioeconômico da região.

Além disso, também foram instalados 229 novos postes de concreto e trocados outros 115 de madeira. A substituição faz parte de um programa permanente adotado pela RGE para inspecionar toda a sua rede. A concessionária tem por prática usar postes de fibra ou de concreto no lugar dos de madeira que foram substituídos.

Os recursos destinados a Canela integram um programa de investimentos mais amplo na região, os quais totalizaram R$ 12,1 milhões em 2015. Os municípios beneficiados também foram Gramado, Nova Petrópolis e Três Coroas. Deste modo, a RGE também tornou o sistema elétrico de toda a região mais robusto e confiável, proporcionando um serviço de melhor qualidade para os seus consumidores.

Até o final de setembro de 2015, a RGE investiu cerca R$ 200 milhões em toda sua área de concessão. O aporte de recursos representa um salto de 33% em relação do mesmo período do ano anterior. Esse montante foi aplicado na expansão, modernização e manutenção da rede elétrica da companhia nos 264 municípios onde está presente. 


Índices de qualidade no fornecimento de energia elétrica

Fruto dos investimentos em todas as cidades de sua área de atuação, a RGE possui o menor índice de duração (DEC) e frequência (FEC) de interrupções de fornecimento de energia do Rio Grande do Sul entre as grandes distribuidoras, segundo o ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O DEC, índice que representa a média do tempo que o cliente da RGE ficou sem energia durante o período de um ano, foi 15,98 horas em 2015, enquanto o FEC, índice que mede a frequência de interrupções no fornecimento, em média, por cliente, foi de 8,33 vezes em 2015. 

É importante destacar que cerca de 2/3 do tempo em que falta energia corresponde a interrupções emergenciais, provocadas por fatores externos ao sistema elétrico, como os temporais (com quedas de árvores), colisões de veículos contra postes e objetos que atingem a rede – pipas, balões e galhos de árvores, além de furtos de cabos. O outro terço corresponde a desligamentos programados, informados previamente aos clientes, e organizados para que a empresa possa executar obras de melhoria na rede elétrica. O desabastecimento causado por fatores externos é inerente ao modelo de rede elétrica existente no Brasil. 

Tags:
    rge; investimento; setor elétrico; 2015; rio grande do sul