Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

RGE realiza ação de desligamento de “gatos” em Caxias do Sul

Escrito por:

Comunicação RGE    04/07/2012

Liberação da instalação de rede elétrica na localidade de Linha Feijó, que possui ocupação irregular, depende de regularização da área pelo poder público.

A Rio Grande Energia (RGE), com o apoio da Brigada Militar, realizará o desligamento de 170 residências com ligações irregulares (popularmente conhecidos como "gatos") a partir das 14h00 de 05/07, na localidade de Linha Feijó, no município de Caxias do Sul.

A medida será tomada tendo em vista os perigos decorrentes da instalação de ligações elétricas irregulares no local, como o risco de acidentes e morte por descarga elétrica, além do prejuízo aos clientes regulares de energia, como o encarecimento da tarifa de energia e a sobrecarga dos equipamentos de distribuição, que provocam instabilidades e interrupção no fornecimento de energia.

A cada ano, a RGE identifica quase 10 mil ligações irregulares em sua área de concessão. Os "gatos" estão entre as principais causas de instabilidade no fornecimento de energia na concessionária. Para denúncias de fraudes e outras irregularidades, a RGE disponibiliza o fone 0800 7210721.

Vale ressaltar que a fraude e o furto de energia elétrica são crimes, previstos nos Artigos nº 171 e 155 (parágrafo 3º) do Código Penal Brasileiro, podendo acarretar prisão dos responsáveis pela sua execução e/ou dos receptadores (usuários beneficiados com a fraude/furto de energia elétrica). Com base no histórico de autuações, constata-se que os casos de fraudes/furtos de energia elétrica autuados estão distribuídos em todas as classes socais e perfis de consumidores.

Histórico do problema

Em agosto de 2011, a RGE levou ao conhecimento da Polícia Civil de Caxias do Sul um levantamento das situações de risco constatadas em diversas áreas do município consideradas irregulares. Posteriormente, a concessionária recebeu ofício sobre um processo resultante da denúncia de um cliente regular, apontando os riscos da precariedade das ligações clandestinas na localidade de Linha Feijó.

A RGE esteve presente na audiência realizada a respeito, em 14/03/2012, manifestando seu interesse e apoio na regularização da área e relatando as hostilidades sofridas por ocasião das tentativas de desligamento por parte das equipes da RGE.

A concessionária também esclareceu que a instalação de uma rede elétrica regular no local só é possível com a concordância do poder público em relação à urbanização da área invadida, a fim de possibilitar uma infraestrutura de rede, respeitando, com isso, as normas de Direito urbanístico e ambiental. Para isso, a associação de moradores da área em questão encaminhou um levantamento topográfico para avaliação, por parte do Município, quanto à liberação da instalação da rede elétrica. Em 28/03, o Município de Caxias do Sul manifestou a inviabilidade de liberar a instalação. Por fim, em 25/06, a RGE comunicou à Promotoria de Justiça de Caxias do Sul o corte das ligações clandestinas no local, com o apoio da Brigada Militar.

Tags: