Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

RGE investe R$ 15,4 milhões em nova subestação em Rolante

Escrito por:

Comunicação RGE    25/03/2013

A Rio Grande Energia RGE, que atende a 262 municípios no norte, nordeste, noroeste do Rio Grande do Sul e Região Metropolitana de Porto Alegre, coloca hoje (26 de março) em funcionamento a SubestaçãoRolante de 15 MVA e a Linha de Transmissão 138kV Rolante x Taquara, que irá beneficiar e abastecer de energia elétrica mais de 8 mil clientes na região dos municípios de Rolante e Riozinho.

Resultante de um investimento de R$ 12,4 milhões específicos para a subestação e a linha de transmissão, instalada ao longo da rodovia RS 239 até Taquara, a obra tem o complemento de R$ 3 milhões em novos alimentadores presentes no município de Rolante. A iniciativa irá aumentar a capilaridade da rede de distribuição, praticamente duplicando a potência instalada da região, a fim de possibilitar que o sistema atual suporte toda a demanda de energia nos próximos anos.

De acordo com o diretor-presidente da RGE, Luis Henrique Ferreira Pinto, a nova subestação integra as ações da concessionária no intuito de atender ao crescimento econômico da região e o resultante aumento de demanda por energia. "Este desenvolvimento necessita ser sustentado por uma distribuição de energia mais eficiente e robusta, de modo a absorver o maior uso da energia por nossos consumidores residenciais e industriais nos âmbitos urbano e rural", afirma.

Investimentos em Rolante e na área de concessão da RGE

De 2011 até o fim de 2012, a RGE já realizou mais de R$ 2,5 milhões em investimentos nos municípios de Rolante e Riozinho, direcionados para ações de expansão e manutenção da rede, troca de postes, instalação de equipamentos especiais como transformadores e religadores, aumentando a capacidade e dando mais robustez e qualidade ao sistema elétrico dos dois municípios.

A Subestação Rolante e LT Rolante x Taquara também fazem parte do cronograma de investimentos da RGE em toda a sua área de concessão até 2014, num montante de R$ 810 milhões destinados à expansão, manutenção e modernização da rede de distribuição da concessionária. Especificamente para os municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre atendidos pela RGE, no qual estão incluídos Rolante e Riozinho, os investimentos totais somam R$ 23,7 milhões, dos quais R$ 4,9 milhões são especialmente direcionados a melhorias e ampliações para atender ao meio rural.

Índices de qualidade

Os investimentos realizados pela RGE em sua área de concessão ao longo dos anos têm reflexo direto na qualidade do serviço prestado aos clientes. Na RGE, os indicadores de qualidade ficaram melhores que a média do setor elétrico brasileiro.  

O Índice de Satisfação com a Qualidade Percebida (ISQP), medido pela Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), chegou, em 2012, a 85,6%, superior à média nacional de 76,7%.

Igualmente, por reconhecimento à excelência em seu modelo de gestão, a RGE já foi contemplada com diversos prêmios relacionados à sua área de atuação. Em julho de 2012, a concessionária foi vencedora, pela quarta vez, do Prêmio Qualidade RS, promovido pelo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP), tendo conquistado o Troféu Diamante; no mesmo mês, recebeu, da Abradee – Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica, o reconhecimento como "Melhor distribuidora da Região Sul", pelo quarto ano consecutivo, vencendo também na categoria "Qualidade da Gestão". Em 2011, a RGE também foi vencedora do Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ).

Sobre a RGE

A Rio Grande Energia (RGE) é a distribuidora de energia elétrica da região norte-nordeste do Estado do Rio Grande do Sul. Originada do modelo de concessão pública para distribuição de energia elétrica em 21 de outubro de 1997, a empresa atende 262 municípios gaúchos, o que representa 54% do total de municípios do Estado. A área de cobertura da RGE divide-se em duas grandes regionais: a Centro, com sede em Passo Fundo, e a Leste, com sede em Caxias do Sul. São 90.718 km² - 34% do território do Estado. Agrupadas, essas regiões apresentam um dos melhores índices sociais e econômicos do Brasil e também são as responsáveis pelo maior pólo agrícola, pecuário, industrial e turístico do estado. A RGE orienta-se pela Gestão de Qualidade Total para atingir, cada vez mais, altos níveis de eficiência para seus consumidores sendo parceira dos municípios gaúchos no desenvolvimento econômico do RS dentro de sua área de concessão. Desde 2006 a RGE passou a fazer parte integralmente do grupo CPFL Energia, o maior grupo privado do setor elétrico brasileiro.

Tags: