Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Nota à imprensa

Escrito por:

Comunicação RGE    26/02/2015

Caxias do Sul, 27 de fevereiro de 2015 – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje o reajuste tarifário extraordinário de 35,5% na conta de luz da RGE, que atende 1,4 milhão de clientes em 264 municípios no interior gaúcho. Os recursos oriundos das novas tarifas serão exclusivamente usados para cobrir a expansão das despesas com encargos setoriais e com a compra de energia. O reajuste entrará em vigor a partir de 1º de março.

O reajuste homologado pelo regulador reflete o forte crescimento das despesas da concessionária com a compra de energia da usina Itaipu, que é cotada em dólar, e dos leilões de energia existente de 2014 e de ajuste de 2015. Além disso, as novas tarifas irão incorporar a cota 2015 do encargo Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que sofreu um significativo acréscimo na comparação com o ano passado. 

Com o reajuste anunciado hoje, a RGE tem assegurada o seu equilíbrio econômico-financeiro, permitindo a continuidade do fornecimento de energia com qualidade aos seus consumidores e a realização dos investimentos necessários para a expansão dos seus serviços.

Em 19 de junho, a RGE passará pelo seu reajuste tarifário anual, conforme previsto em seu contrato de concessão. Neste caso, o regulador irá repassar para as tarifas dos clientes o aumento dos custos vigentes naquela data, inclusive a devolução dos recursos aportados pela Conta ACR ao longo de 2014 para cobrir os gastos com a geração termelétrica e a alta do preço da energia no mercado de curto prazo.

Entre os principais municípios atendidos pela concessionária estão Bento Gonçalves, Cachoeirinha, Caixas do Sul, Erechim, Gravataí e Passo Fundo.

Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 102 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização, serviços e telecomunicações. É líder no mercado de distribuição, com 13% de participação, totalizando mais de 7,5 milhões de clientes nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná.

Na comercialização, é um dos líderes no mercado livre, com uma participação de mercado de 14% na venda para consumidores finais entre as comercializadoras. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres.

Na geração, é o segundo maior agente privado do país, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis. A CPFL Geração conta com 2.248 MW de potência instalada, considerando sua participação equivalente em cada um dos ativos de geração. Em 2011 criou a CPFL Renováveis, com ativos como PCHs, parques eólicos, termelétricas a biomassa e a usina solar Tanquinho, pioneira no Estado de São Paulo, e uma das maiores do Brasil. Adicionando a participação equivalente na CPFL Renováveis, a capacidade instalada total do Grupo CPFL atingiu 3.127 MW no final do terceiro trimestre de 2014. O grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os 15 maiores investidores brasileiros.

A CPFL Energia tem ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets e do Morgan Stanley Capital International Global Sustainability Index (MSCI). Pelo 10º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa.

Tags: