Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Artigo: O horário de verão e suas vantagens

Escrito por:

Comunicação RGE    06/10/2011

Artigo de Rodrigo de Vasconcelos Bianchi - Gerente do Departamento de Controle Operacional da CPFL Energia

Assim como vem acontecendo há 27 anos, ininterruptamente, vamos começar mais uma edição do Horário de Verão, a partir da zero hora do dia 16 de outubro. Nesse dia, os relógios de milhões de brasileiros, em dezesseis estados, deverão ser adiantados em uma hora para otimizarmos o uso da capacidade de fornecimento do sistema elétrico do país.

A medida já faz parte da cultura do brasileiro e, dessa vez, vai durar 133 dias, estendendo-se até o último domingo de fevereiro de 2012, dia 26/2, uma semana após o Carnaval. Até lá, o governo federal, que promove a iniciativa, prevê uma redução da demanda brasileira de 2.500 MW, aproximadamente.

Mesmo com acesso a informações e explicações, parte da população ainda desconhece os benefícios do horário de verão. Para que suas vantagens sejam percebidas, é necessário conhecer um pouco do funcionamento do setor elétrico. Entre o final da tarde e o início da noite, encontra-se o período do dia em que mais se consome energia elétrica. Neste momento é que o sistema atinge o seu pico de carga coincidente, ou seja, todos aumentam o consumo de energia no mesmo momento. Por isso essa flutuação é acompanhada pelas autoridades do setor, no caso, o Operador Nacional do Sistema (ONS), para afastar qualquer ameaça de desabastecimento aos brasileiros. 

Nesse período de demanda mais acentuada entra em funcionamento o serviço de iluminação pública nas cidades, o acionamento de placas e luminosos comerciais, aumenta-se o consumo nas residências pela maior utilização dos chuveiros, somando-se a isso, a entrada de aparelhos como ar condicionado, climatizadores, e o maior acionamento de geladeiras e freezers. Ao se deslocar o horário oficial em uma hora, dilui-se a entrada desses equipamentos ao mesmo tempo. A iluminação pública, por exemplo, começa a funcionar após as 19h, no sentido inverso das atividades industriais. Com dias mais quentes, propícios a passeios e atividades físicas ao ar livre, as pessoas retardam a utilização do chuveiro, pulverizando o uso desse equipamento, que apresenta alto consumo de energia. Essas são as principais razões para a adoção do horário de verão pelo Brasil, seguindo passos de muitos outros países, principalmente na Europa e na América do Norte.

Outro benefício importante para os clientes é uma tarifa mais barata, com a diminuição nos custos da operação do sistema. O brasileiro já se conscientizou que o horário de verão é uma solução inteligente para o país. E que a medida traz muito mais vantagens que desconforto. Não apenas pesquisas apontaram essa percepção nos últimos anos, mas também depoimentos de grande parte da população em veículos de imprensa e redes sociais. Desta vez, com maior duração – 133 dias: um recorde na história brasileira.

Tags: