Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

 

​Prezado Parceiro,

A reedição do Código de Ética e Conduta Empresarial da CPFL foi mais uma etapa no processo de estabelecer uma referência de conduta para a empresa no relacionamento com os seus diferentes públicos. Com este instrumento buscamos avançar no objetivo de integrar redes de relações compostas por diferentes atores que, realizando negócios, realizam também os interesses mais elevados da sociedade.

Para isso, o Código de Ética e Conduta Empresarial da CPFL é também uma forma de promover transparência, na medida em que nos permite compartilhar princípios e valores que temos como essenciais na realização da nossa visão de longo prazo e na orientação de nossas atividades mais imediatas. Tendo como base esses princípios e valores, propomo-nos a estabelecer diálogos com nossos públicos e com a sociedade, de modo a que possamos, juntos, criar valor econômico, social e ambiental relevante.

Acreditamos que o enfrentamento das questões de sustentabilidade associadas ao nosso negócio e aos interesses de nossos públicos – importantes para empresas e sociedade – só será factível se atuarmos em parcerias, criando valor diferenciado. Ao publicar a revisão de nosso Código de Ética e Conduta Empresarial da CPFL, acreditamos dar um passo importante para viabilizar essa ação conjunta: dar a conhecer a nossa identidade e os nossos propósitos.

Juntamente com esta edição do Código de Ética e Conduta Empresarial da CPFL, encaminhamos uma pesquisa para colher suas observações críticas e sugestões sobre o texto deste Código de Ética. Agradeceria imensamentew sua resposta e colaboração, que muito contribuirá para o aprimoramento de nossos compromissos éticos.

Peço que continuem tendo este Código de Ética como uma referência para o nosso diálogo. Asseguro a todos a manutenção do compromisso da CPFL com seus públicos e com uma contribuição pragmática a uma agenda nacional de desenvolvimento sustentável.

Wilson Ferreira Jr.

Presidente da CPFL Energia

 

 

Setembro de 2007.